terça-feira, 5 de julho de 2011

UMA BOA CHANCE PARA AGRICULTURA FAMILIAR


Associações e cooperativas da agricultura familiar de todo País já podem procurar uma Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Sureg/Conab) de seu estado para entregar proposta de participação no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) colocou à disposição das organizações da agricultura familiar, em 2011, mais de R$ 34 milhões. A liberação do recurso foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última terça-feira (28).
Este recurso permite que várias organizações adquiram a produção dos agricultores familiares, o que certamente contribui para a ampliação de mercado e aumento da renda. O objetivo é que as cooperativas e associações formem seus próprios estoques para comercialização em condições mais favoráveis, seja pelo beneficiamento e agregação de valor ao produto, ou por sua oferta em momentos mais oportunos, em que o preço de mercado esteja mais atrativo para a cooperativa/associação.
O acesso ao recurso se dará por meio da modalidade de Apoio à Formação de Estoques pela Agricultura Familiar (CPR/Estoque), executada pelo MDA, em parceria com a Conab. Em 2010, o MDA disponibilizou cerca de R$ 57 milhões e foram beneficiados cerca de 11 mil agricultores familiares. Nada mal, certo?!?
A meta agora é atender mais de dez mil agricultores familiares. Esta modalidade permite que cada cooperativa e associação da agricultura familiar acesse, anualmente, recursos até o limite de R$ 1,5 milhão. O limite por agricultor familiar associado é de até R$ 8 mil por ano.
As cooperativas e associações que se interessarem, devem encaminhar a proposta de participação para a Sureg no estado em que estão sediadas. Veja aqui o e-mail e telefone da Superintendência Regional do seu Estado.

Alimentação Escolar - O Apoio à Formação de Estoques dialoga diretamente com a lei nº 11.947/09, que regulamenta o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). As cooperativas e associações, ao formarem seus estoques, conseguem atender com segurança e regularidade a entrega dos produtos diretamente às escolas das redes públicas de ensino municipal e estadual.
Ao acessar o recurso, as organizações podem estocar e beneficiar os produtos para vendê-los para o Pnae. À medida que o produto é entregue às escolas ocorre a garantia do pagamento permitindo que a cooperativa e associação realize, após 12 meses, a quitação do recurso financiado junto ao MDA. O agricultor familiar pode acessar os dois programas, pois são direcionados para mercados distintos.
Na sexta-feira (1º), o PAA completou oito anos de existência. Uma das principais ações de apoio à produção e de melhoria da segurança alimentar, o programa já movimentou mais de R$ 3,5 bilhões na aquisição de 3,1 milhões de toneladas de alimentos de cerca de 160 mil agricultores por ano. Os produtos abastecem anualmente 25 mil entidades. Para 2011, o orçamento do programa é de R$ 640 milhões.
Criado em 2003, o programa tem como objetivo garantir o acesso a alimentos em quantidade e regularidade necessárias às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional. Visa também contribuir para formação de estoques estratégicos e permitir aos agricultores familiares que armazenem seus produtos para que sejam comercializados a preços mais justos, além de promover a inclusão social no campo. É executado pelo MDA e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Mogi das Cruzes - Em 2010, a merenda escolar de Mogi das Cruzes foi considerada pela ONG Ação Fome Zero como a melhor do Estado de São Paulo. A cerimônia de premiação foi realizada em Brasília sob o comando do, então presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. Um dos pontos principais que resultaram na premiação da cidade foi a inclusão de produtos agrícolas cultivados na cidade na alimentação das crianças. Produtos como caqui, cogumelos, alface e outras hortaliças foram inseridos no cardápio, proporcionando um ganho significativo na qualidade da alimentação oferecida aos alunos, além de criar um novo canal de escoamento da produção agrícola local, melhorando a geração de renda no campo. Por dia, são preparadas 90 mil refeições nas escolas e creches municipais e conveniadas, sem contar lanches e cafés da manhã e da tarde. Esse é um exemplo!

Fonte: SECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor