quarta-feira, 31 de agosto de 2011

FATURAMENTO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

 
A Câmara dos Deputados aprovou hoje (quarta-feira 31/08), por unanimidade (316 votos), o Projeto de Lei Complementar (PLP) 87/11, que reajusta os valores de faturamento para adesão ao Simples Nacional. O texto aprovado aumenta de R$ 36 mil para R$ 60 mil o limite de faturamento do Empreendedor Individual e ajusta em 50% as tabelas de tributação, incluindo o teto máximo, que passa de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões para as pequenas empresas, e de R$ 240 mil para R$ 360 mil, no caso das microempresas. O projeto segue agora para o Senado e ficamos na torcida para que o envolvimento dos nossos senadores seja como dos deputados federais.
O projeto também cria o parcelamento automático de débitos tributários de empresas do Simples Nacional, o que beneficiará cerca de 500 mil negócios que correm risco de exclusão do sistema porque estão com dívidas com a Receita Federal.
A medida cria ainda um limite extra para exportadores. A empresa que estiver no teto máximo do Simples – R$ 3,6 milhões - poderá exportar o mesmo valor, podendo faturar até R$ 7,2 milhões - metade com o mercado interno e metade com o externo, sem risco de exclusão do sistema especial de tributação.

PEQUENAS DÍVIDAS, GRANDES FAMÍLIAS

Uma recente pesquisa divulgada em 29 de agosto pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) apontou que o porcentual de famílias endividadas na cidade de São Paulo caiu de 47,3% em julho para 45,1% em agosto. Em números absolutos, significa dizer que 1,62 milhões de famílias tinham algum tipo de dívida em agosto, o menor patamar desde junho de 2010. 
A pesquisa considera endividada aquela família que possui contas ou dívidas contraídas com cheque pré-datado, cartão de crédito, carnê de lojas, empréstimo pessoal, compra de imóvel e prestação de carro e de seguros. (Ops! Será que há alguma família completamente livre de tudo isso? Se existir, eu respeito muito!)
Na avaliação da Fecomercio, a redução no nível de endividamento é resultado do nível alto de emprego e do conseqüente aumento da renda familiar. O estudo mostra também queda no porcentual de famílias paulistanas com contas atrasadas em agosto na comparação com julho. No período, o recuo foi de 15% para 12%. Em paralelo, o porcentual de famílias que afirmou não ter condições de pagar suas dívidas caiu de 6% para 5,5%.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

IMPOSTOS E SEU FLUXO DE CAIXA


Mais de 40% das indústrias do país tem o fluxo de caixa afetado porque pagam impostos antes de receberem pelas vendas. Sim. Pagam ao governo antes de receberem de seus clientes!
Para 41,1% das empresas, o prazo médio de recebimento das vendas é superior a 45 dias, enquanto que o de pagamento dos tributos que mais afetam o fluxo de caixa, como as contribuições previdenciárias, o PIS e a Cofins, é de, no máximo, 40 dias. As informações são da consulta empresarial divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta segunda-feira (29).
Segundo a pesquisa, feita entre 20 e 28 de junho com 594 empresas, os empresários brasileiros têm um alto custo financeiro para cumprir com suas obrigações tributárias. (Dado que não é nenhuma surpresa para quem vive a realidade das micro e pequenas empresas.) Conforme 60,3% dos empresários, os impostos pagos consomem mais de 20% do faturamento. “Os tributos têm um peso grande sobre o faturamento. Isso reforça a importância do governo recolhê-los, no mínimo, no mesmo prazo que as indústrias recebem pelas vendas”, destaca o economista da CNI, Mário Sérgio Carraro.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

EMPREENDEDOR CORPORATIVO


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

Uma das questões que envolvem o ato de empreender está relacionada à identificação, análise e implementação de um negócio, tendo como foco a inovação e a criação de valor aos proprietários, clientes e sociedade.
Para isso, planejamento, metas, estratégia, execução, indicadores e resultados são conceitos que alimentam a mente do empreendedor. Mas conhecimento apenas não basta!
É preciso ter atitudes e habilidades capazes de colocá-lo em prática.
Empreendedores exploram as oportunidades, correm riscos calculados, planejam, estabelecem metas, monitoram seus resultados, são determinados, organizados, dinâmicos e apaixonados pelo que fazem. Ou seja, empreendedores fazem a diferença!
Ora, mas será que só donos de negócios podem fazer a diferença? Será que dentro de suas próprias empresas não existem pessoas muito parecidas?

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

ACORDA, MENINA!

Sempre que ouço o jargão de Ana Maria Braga no programa Mais Você fico pensando em quais ações tornariam o meu despertar mais fácil todas as manhãs.
Como hoje é segunda-feira, resolvi publicar no Lounge Empreendedor algumas dicas para auxiliar nessa pouca vontade de levantar depois de um final de semana tão gelado como foi este último em São Paulo.
Tenho certeza que assim como eu, muitas pessoas enfrentam dificuldades de acordar cedo e manter a disposição para as atividades ao longo do dia. Embora essa característica não seja uma exceção, as empresas (ainda) mantém seus horários estabecidos das 9h00 às 18h00 e por isso, precisamos de mecanismos que nos despertem e melhorem essa situação.

sábado, 20 de agosto de 2011

CIDADES SUSTENTÁVEIS

No Brasil, mais de 75% da população vive em áreas urbanas e esse percentual deve atingir 85% nos próximos vinte anos. Não há como negar que, justamente por isso, as cidades têm assumido um papel decisivo na busca pela sustentabilidade. Afinal, o crescimento urbano gera uma imediata (e imensa) demanda por serviços e produtos que muitas vezes, são atendidos sem nenhuma forma de planejamento.
Entretanto, crescimento descontrolado, degradação ambiental, aumento dos problemas sociais são fatores que merecem atenção não apenas dos gestores públicos, mas de toda a sociedade. Terceirizar o problema ao poder público é simples, pois assim podemos culpar alguém por aquilo que não somos capazes de mudar.
Em um regime democrático, a solução de problemas sociais, ambientais ou econômicos passa pela mente (e pelas mãos) de todos nós. Ou a gente participa, ou participa! Reclamar não resolve nada.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

FEEDBACK


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

Feedback é um termo da eletrônica que significa retroalimentação. No processo de desenvolvimento de pessoas e aprimoramento de competências interpessoais, feedback é um processo de ajuda mútua para mudança ou reforço de determinados comportamentos.
Podendo se valer de diferentes fontes, o feedback tem sido um dos mecanismos centrais para o gerenciamento de desempenho de equipes dando ferramentas aos líderes para orientar, motivar ou evitar passos pouco efetivos de seus liderados.
Seria ingenuidade acreditar que feedback é sempre bom de oferecer e receber, que é uma prática fácil e natural ou algo que qualquer pessoa consegue fazer. Praticá-lo requer dedicação, observação e muita reciprocidade entre quem oferece e quem recebe.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

INCLUSÃO PARA MULHERES


O governo lançou, na última quinta-feira (11), o programa Mulheres Mil, que pretende formar e inserir 100 mil mulheres no mercado de trabalho até 2014. O programa faz parte do Plano Brasil sem Miséria e está inserido no conjunto de prioridades das políticas públicas do governo federal, especialmente nos eixos de promoção da eqüidade, igualdade entre sexos, combate à violência contra mulher e acesso à educação.
A idéia do programa consiste em oferecer acesso à educação profissional a mulheres em situação de vulnerabilidade social, como mães solteiras ou chefes de família que não tiveram oportunidade de estudar e nem de serem inseridas no mercado formal. O programa é executado em parceria entre os ministérios da Educação e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e as secretarias de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres.
O Mulheres Mil foi implantado como projeto piloto em 2007, em parceria com universidades canadenses. Por intermédio de 13 institutos federais de educação, ciência e tecnologia, o projeto atendeu mil mulheres em 13 estados do Norte e Nordeste. Agora, será efetivado em todo o País e, ainda neste ano, 100 campi da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica deverão beneficiar 10 mil mulheres com a aplicação do programa.

sábado, 13 de agosto de 2011

SORRIA. SUA CARREIRA AGRADECE!

"Deixe algum sinal de alegria, onde passes."
Chico Xavier


Não suporto gente mal humorada! Quem me conhece, sabe que mesmo nos momentos em que uma crise parece se anunciar, prefiro manter minha opção em viver em um ambiente descontraído e alegre.
Estudos recentes comprovam que sorrir ajuda a fazer conexões, traz dinheiro e, além de tudo, faz bem à saúde.
Uma simples risada é capaz de mover 28 músculos da face. Alguns elevam os cantos dos lábios enquanto outros fazem os olhos se contraírem formando o famoso pé-de-galinha, uma marca irrelevante para quem deseja ser feliz. Cabe ao músculo orbicular ser o responsável pelo verdadeiro sorriso, aquele que demonstra a emoção pura. Isso porque ele se contrai e se distende involuntariamente e faz com que o sorriso sincero crie a tão desejada empatia.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

ECONOMIA VERDE


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

Educação para a sustentabilidade, trabalho decente, erradicação da miséria, infra-estrutura para uma nova economia. Os temas seriam perfeitos para uma boa plataforma de governo, mas, na verdade, tratam-se de assuntos abordados na última Conferência Ethos de Empresas e Responsabilidade Social realizada nos últimos dias 08 e 09 de agosto em São Paulo.
Na mesma semana em que o mundo anunciava uma nova crise da economia global, cujo tamanho e impacto ainda desconhecemos, o Brasil mobilizou empresários, cidadãos e membros do poder público para discussão de uma plataforma econômica que seja inclusiva, verde e responsável. Afinal, seja lá o que estiver acontecendo pelo mundo, ao Brasil é inexorável pensar em crescer.
Quase 20 anos após a Rio- 92 e às vésperas do encontro Rio +20, a humanidade começa a entender a necessidade de racionalizar o uso de seus recursos naturais e reconhecer o valor da natureza como fator de oportunidade para a geração de negócios.

sábado, 6 de agosto de 2011

LIDERANÇA EM DEBATE - ADMINISTRE AS DIFERENÇAS


Equipes constituídas por pessoas com perfis, gênero, idade e experiências distintas são um excelente fator para a melhoria da competitividade dos negócios. Lindo! Mas como líder, você já parou para analisar como administrar essas diferenças para obter melhores resultados para sua empresa?
Hoje em dia, não basta contratar talentos; é preciso fazê-los atuar em sinergia. Sinergismo é um conceito utilizado em diferentes contextos (religião, economia, química, informática), mas nas relações humanas, sinergia envolve a capacidade que as pessoas têm para ampliar seu nível de cooperação, colaboração e ampliação do capital social.
Por isso, buscar profissionais cujas características pessoais incluam a facilidade de relacionamento interpessoal e de trabalho em grupo pode facilitar muito o pleno exercício da liderança. Afinal, por mais complementares que as pessoas sejam, sempre haverá momentos em que as opiniões serão divergentes e tais competências podem fazer toda a diferença.
Imagine uma empresa em que várias gerações dividam o mesmo espaço e objetivos. Haveria um único caminho capaz de atender suas expectativas?

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

COMO OBTER NOVOS CLIENTES


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

O Dia dos Pais está chegando. Ou seja, essa é mais uma data comemorativa que traz às pequenas empresas a chance de obter novos clientes e ampliar sua base de atuação. Afinal, quem não anda à procura de novos negócios ou de novas formas para ganhar dinheiro?
No post da série nem todo empreendedor nasce sabendo desta semana, decidi representar uma situação. Vamos lá...
Imagine que você é o sócio de uma pequena loja de sapatos (uma escolha "nada" pessoal a respeito de meus próprios hábitos de consumo..rs..). Os possíveis clientes da sua loja não são somente aquelas pessoas que moram ou trabalham próximos, mas também aqueles que passam em frente à vitrine a passeio ou os que fazem compras na loja de roupas da rua paralela. Os primeiros talvez você já conheça (mas não se descuide para que eles sempre voltem e continuem clientes). Já os segundos, precisam parar e comprar em sua loja pela primeira vez.
Para que isso aconteça é importante que, inicialmente, você tenha um bom produto e um bom serviço. Só assim, o cliente que você já conhece pode recomendar o seu calçado àqueles que você ainda desconhece. E caso esse cliente que você desconhece, entrar na sua loja, consumir o seu produto, gostar e for bem atendido, ele passará a ser também seu cliente que contará para alguém sobre o seu calçado, que se também constatar que o produto é bom, contará para outro, outro e mais outro... Forma-se um ciclo virtuoso e de prosperidade, repleto de possíveis novos clientes.
CF

terça-feira, 2 de agosto de 2011

UM MUNDO DE NEGÓCIOS NA WEB

Na próxima sexta-feira, dia 05 de agosto, será realizado o ECOM 2011 - I Seminário Nacional e Workshop de Comércio, Negócios Eletrônicos e [Novos] Meios de Pagamentos no auditório da Fecomercio, na cidade de São Paulo. Trata-se de uma iniciativa inédita de levar informação, formação profissional e capacitação empresarial a empreendedores, varejistas e comerciantes do Brasil.
Afinal, habitar a web e adequar seu negócio para fazer vendas eletrônicas não é somente uma questão comercial, mas uma decisão estratégica de continuidade, crescimento das vendas e conquista de novos mercado.
O mega-evento, que vai percorrer as 12 cidades-sede da Copa de 2014 e mais três capitais turísticas, será um road show gratuito destinado a empresários que busquem a modernização de seus estabelecimentos, a migração da loja física (ou de parte dela) para o comércio eletrônico, os novos negócios na web e a revolução dos meios de pagamento.

TOUCH WOOD: UM CELULAR DE MADEIRA


Adoro aquelas dicas que me inspiram a encarar o dia de forma diferente... Graças a uma mensagem no mural do Alessandro Paes dos Reis no Facebook tomei conhecimento de um vídeo delicioso da campanha de lançamento do aparelho Touch Wood SH-08C fabricado pela Sharp em parceria com empresa japonesa, NTT DoCoMo.
Confesso que desconhecia o (fantástico) comercial como também desconhecia a proposta do celular  Touch Wood, cujo case – politicamente correto – é feito de madeira.
Sim! Um celular feito de madeira...
Imagino que nesse momento, muitos podem se questionar: "- Opa, então a Sharp está desmatando florestas para fabricar celulares?!?" Não!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor