segunda-feira, 31 de outubro de 2011

LICENCIAMENTO AMBIENTAL


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

Os empreendedores paulistas ganharam mais incentivos que facilitam os trâmites de obtenção de registros e licenças para suas empresas.
Agora, em São Paulo, está à disposição o novo Portal de Licenciamento Ambiental da Cetesb. Aliás, como nem todo empreendedor nasce sabendo, é bom lembrar que desde 07 de agosto de 2009, passou a vigorar a Lei Estadual 13.542, de 08.05.2009, que criou a nova CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, incorporando em suas atribuições a regulamentação do processo de licenciamento ambiental do Estado.
A idéia sempre foi facilitar a vida dos empreendedores e candidatos a empreender deixando com a CETESB a exclusidade em ser a única porta de entrada dos pedidos de licenciamento ambiental, que eram anteriormente solicitados por quatro departamentos do Sistema Estadual de Meio Ambiente: o Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais - DEPRN, o Departamento de Uso do Solo Metropolitano - DUSM, o Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental - DAIA e a própria CETESB.

sábado, 29 de outubro de 2011

ALÉM DA BOA INTENÇÃO

“As empresas são agentes sociais no processo de desenvolvimento, cuja dimensão não se restringe apenas a uma determinada sociedade, cidade ou país, mas envolve o modo como se organizam e principalmente atuam, por meio de atividades essenciais”. A frase, de autoria de Herbert de Souza demonstra com clareza a responsabilidade das empresas – ouso dizer, de toda a comunidade – no combate às desigualdades e no melhor aproveitamento do potencial humano em prol do desenvolvimento do nosso país.
Estar presente nos bastidores do 14ª edição do Teleton, transmitido pelo SBT na sexta (21/10) e sábado (22/10), me deu a clara dimensão da forma como isso pode acontecer. A maratona beneficente em prol da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) arrecadou R$ 26.802.633,00 graças a ampla participação de empresas - de vários portes e segmentos -, artistas, atletas, sociedade civil e, inclusive, talvez, com sua. Com isso, duas novas unidades da instituição serão construídas: uma em Campina Grande (PB) e outra em Vitória (ES). A AACD erguerá as novas sedes e o governo ficará responsável por sua manutenção.
Betinho ficaria orgulhoso ao acompanhar tamanha integração.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

SOBREVIVÊNCIA AUMENTA NO PAÍS


Os pequenos negócios brasileiros permanecem em cenário saudável de sobrevivência. Segundo o novo estudo do Sebrae Nacional sobre o tema, divulgado na última semana, de cada 100 MPEs abertas no Brasil, 73 permanecem em atividade após os primeiros dois anos de existência, período considerado crítico para se manter no mercado.
A metodologia do Nacional não utiliza pesquisas de campo, mas emprega a base de dados da Receita Federal com informações sobre formalização e funcionamento dos pequenos negócios. Segundo Luiz Barretto, presidente do Sebrae Nacional, a mudança irá possibilitar a divulgação anual do índice, dando início a uma série histórica, que trará uma radiografia dos estados brasileiros.
A taxa nacional evoluiu de 71,9%, com base nas empresas que abriram suas portas em 2005, para 73,1%, referente aos empreendimentos abertos em 2006, período de início do Simples Nacional, que trouxe vantagens tributárias para as micro e pequenas empresas. As indústrias são as que mais contribuíram para este quadro crescente. De cada 100 empresas abertas, 75,1% permanecem ativas nos dois anos seguintes. Em seguida, aparecem comércio (74,1%), serviços (71,7%) e construção civil (66,2%).

EQUILÍBRIO E DISCIPLINA

Enquanto a maioria dos profissionais almeja o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, a pressão para se fazer cada vez mais em menos tempo consome diariamente nossas agendas. Ficamos atordoados com o acúmulo de tarefas e muitas vezes, a frustração acompanha o alcance (suado) dos resultados esperados.
Pior do que o cansaço físico, a conseqüência dessa árdua jornada envolve também a falta de eficácia nas atividades profissionais, problemas familiares e psicológicos e até mesmo a perda da saúde. No lugar de ascensão na carreira e melhor qualidade de vida, vamos imergindo numa rotina que nos tira o eixo e nos faz perder o controle sobre a própria vida.
Driblar essa situação não é fácil. Afinal, a maioria das pessoas mal percebe o quão imersas estão na rotina e sentem-se sem um instante sequer para planejar e organizar suas prioridades, sejam elas profissionais ou pessoais. 
Quem em seu ambiente de trabalho já não teve a sensação de viver apagando incêndios causados por problemas que não param de aparecer? 

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

INTERNACIONALIZAR PARA CRESCER


Ontem divulguei no Lounge Empreendedor a pesquisa realizada pelo Sebrae sobre a quantidade de empregos gerados nas pequenas empresas no mês de setembro. É bom quando pesquisas podem comprovar aquilo que defendemos e acreditamos.
Pois bem... Hoje é dia de falarmos sobre exportação.
Desde que bem planejada, a internacionalização dos negócios pode fazer parte da estratégia de crescimento de muitas empresas brasileiras de pequeno porte. E aquelas que se preparam para isso, já têm acompanhado bons resultados relacionados a essa modalidade de comercialização.
Vejamos primeiro os números...

terça-feira, 25 de outubro de 2011

EMPREGOS NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS


Muitas pessoas duvidam quando falo sobre a força das pequenas empresas para a economia nacional. Já ouvi que sou apaixonada e por isso, suspeita sobre o que verbalizo aos quatro cantos do mundo: a transformação da sociedade brasileira se dará pelas mãos das pequenas empresas.
Pois, se você é uma das pessoas que precisa de números para acreditar na minha paixão, nesta semana o Sebrae divulgou várias pesquisas sobre o cenário das pequenas empresas. Apenas no mês de setembro, as micro e pequenas empresas geraram 130 mil vagas de emprego, o que corresponde a 62% do total. Há anos, os pequenos negócios têm sido os grandes geradores de postos de trabalho. De cada dez vagas abertas nos nove primeiros meses de 2011, sete estão no segmento. No total, elas contrataram 1,3 milhão de trabalhadores desde janeiro.
Os números foram levantados pelo Sebrae Nacional a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. O ministério considera como micro e pequena empresa aquelas que possuem um quadro de funcionários de, no máximo, 49 empregados, nos setores de comércio e serviços, e 99 trabalhadores no setor industrial. Aliás, precisamos equalizar essa análise com a proposta recentemente aprovada no Congresso Nacional sobre os tetos e classificações de micro e pequenas empresas. Talvez tenhamos números ainda melhores sob essa nova perspectiva.
Em setembro, o setor de serviços e o comércio foram os que mais contrataram. As MPE de serviços empregaram 61,8 mil pessoas apenas no mês passado. As de comércio contrataram 39,5 mil e as micro e pequenas indústrias de transformação geraram 22,3 mil vagas. As outras sete mil contratações foram feitas pelos setores de construção civil, indústria extrativa mineral, serviços industriais de utilidade pública e pela administração pública. As pequenas propriedades rurais fecharam 4,4 mil postos de trabalho no mês.
A expectativa é que até o fim do ano as contratações continuem crescendo em função do aquecimento do comércio com a proximidade do Natal. A Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) estima que o comércio abra 147 mil vagas temporárias até o Natal. A previsão é que 29% dos trabalhadores temporários sejam efetivados no emprego após as datas comemorativas.
Aliás, já falamos sobre esse tipo de contratação aqui no Lounge Empreendedor.
Que tal começar a se preparar?
Sua pequena empresa ganha, o mercado ganha e eu mantenho minha paixão por esta energia empreendedora capaz de gerar oportunidades e transformar a vida de tantas pessoas. 

sábado, 22 de outubro de 2011

KADAFI E VOCÊ

A morte de um ditador como Muamar Kadafi traz como efeito imediato um novo fôlego aos países árabes e diversos tipos de manifestações espalhadas por todo o mundo. Ao contrário do Egito e da Tunísia, que viram seus presidentes caírem após semanas de protestos pacíficos, os líbios entraram em luta armada para tirar Kadafi do poder. Independente da forma, a pressão popular em torno da luta pela liberdade mostra que a democracia é a saída para um futuro melhor seja no Oriente Médio ou aqui mesmo no bairro ao lado.
Como não sou cientista política, não pretendo discutir os impactos e conseqüências deste momento histórico para economia mundial. Mas, ao acompanhar as notícias e emoções causadas por tal morte, inevitavelmente me remeti a quantidade de ditaduras que nos prendem sem que ao menos nos questionemos a respeito de suas causas.
Empregos. Relacionamentos. Mídia. Tempo. Beleza. São inúmeras as ditaduras para as quais dedicamos grande parte de nossas vidas.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

CORRENTE DO BEM - TELETON 2011

Explicar os motivos que me levaram a aceitar o convite para participar da bancada de blogueiros do Teleton 2011 tem sido uma rotina desde o último domingo quando estivesse pessoalmente na AACD e anunciei que estaria ao vivo no palco do programa.
Meu envolvimento com causas sociais começou quando descobri a perda da minha mãe em decorrência da AIDS e se entendeu durante as aulas de pedagogia quando convivi com lições de educação realizadas na Casa Hope, APAE, Laramara e outras organizações de apoio a crianças com algum tipo de deficiência.
Em 1996, depois de um acidente de carro, conheci a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). Meu , então, noivo precisava de uma prótese que permitisse que nos casássemos e fizéssemos nossa viagem de lua de mel ao mesmo tempo que cicatrizasse o sério rompimento dos ossos de seu cotovelo, ombro e punhos. Foi assim que chegamos à AACD!
Se não fosse essa belíssima instituição talvez eu nem estivesse casada ;-)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

INTERNET NO TRABALHO

Em tempo de profissionais cada vez mais conectados e bem informados, saber como utilizar a rede mundial de computadores sem abusos é uma tarefa das mais complicadas. São inúmeras as questões acerca da produtividade e do uso na internet no ambiente de trabalho. 
Uma pesquisa recém divulgada pela Trabalhando.com Brasil com 478 profissionais de todo o Brasil comprova algo que muitos gestores ainda duvidam: o uso da internet no ambiente de trabalho para fins pessoais pode aumentar a produtividade do trabalhador.
Sim! Pessoal e profissional podem caminhar juntos também na internet.
Quando a empresa mostra se preocupar com o que seus colaboradores precisam, eles se sentem valorizados e motivados e por isso, sua produtividade pode até aumentar. Estudiosos da Universidade de Melbourne, na Austrália foram os precursores nessa avaliação. Na ocasião, eles constataram que o uso da internet no ambiente profissional como forma de entretenimento ou descompressão foi capaz de aumentar em até 10% o nível de concentração e a produtividade dos trabalhadores.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

ERA DAS GRANDES RESPONSABILIDADES

Por Ignacy Sachs*

Manter a qualidade de vida para mais de 9 bilhões de habitantes vai exigir da humanidade uma visão mais pragmática de suas responsabilidades diante do planeta.

Tudo indica que antes da Rio+20, programada para meados de 2012, a Comissão Estratigráfica Internacional vai oficialmente proclamar que, desde o início da revolução industrial, no século XVII, entramos numa nova era geológica – o antropoceno –, caracterizada por um forte impacto das atividades humanas sobre o porvir da Nave Espacial Terra. Não que sejamos “mestres da natureza”, como o pensava Descartes. O recente tsunami que assolou as costas do Japão, nos arredores de Fukushima, nos lembrou a nossa impotência diante de eventos naturais deste porte: três enormes ondas de quase 40 metros de altura avançando a 300 quilômetros por hora e entrando dez quilômetros no interior das terras, destruindo portos, aldeias, derrubando casas, carregando barcos e carros, danificando uma central nuclear, acabando com a safra de arroz dessa importante província agrícola do Japão e com 80 mil empregos.
Necessitamos de uma postura proativa, avaliando com realismo a nossa capacidade de atuar, valendo-nos da qualidade única da espécie humana representada pela nossa capacidade de imaginar o futuro.

domingo, 16 de outubro de 2011

HORÁRIO DE VERÃO


Começou à meia-noite de hoje a maior temporada de horário de verão desde 1985, com previsão de 133 dias. Durante esse período, os relógios devem ser adiantados em 1 hora em 10 Estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além da Bahia e do Distrito Federal.
Neste ano, o período será longo porque, quando há coincidência entre o dia previsto para o término do horário de verão e o domingo de carnaval, o encerramento deve ser no fim de semana seguinte. No caso, dia 26 de fevereiro de 2012. O objetivo é evitar que, no meio da folia, a população se esqueça de ajustar os relógios e aí, já viu... Imagine a bagunça!
O horário de verão foi cogitado pela primeira vez em 1784, por Benjamin Franklin, um dos homens mais influentes da história política e científica dos Estados Unidos. Partindo da observação de que, durante parte do ano, nos meses de verão, o sol nascia antes que a maioria das pessoas se levantasse, ele concluiu que, se os relógios fossem adiantados, a luz do dia poderia ser mais bem aproveitada.

sábado, 15 de outubro de 2011

FATOS DA SEMANA E O FUTURO

"Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda."
(Paulo Freire)


Compra de carros importados contrabandeados, feriado nacional em homenagem à padroeira do Brasil, greves nos correios e nos bancos, protestos da sociedade civil em todo o país em marchas contra a corrupção, censura a programas e artistas da TV. Se você não teve assunto durante essa semana, certamente estava vivendo em outro planeta.
Por outro lado, se acredita que irá ler aqui uma nova visão sobre os crimes de contrabando, lavagem de dinheiro, direitos trabalhistas ou programas de televisão, pode interromper sua leitura, pois não pretendo atualizá-lo caso você realmente tenha estado em Marte nos últimos dias.
Na verdade, fiquei pensando em como poderia utilizar tais assuntos para uma homenagem diferente ao dia que não poderia dar um desfecho melhor a essa semana: o Dia do Professor!
Professores que junto às famílias têm grande responsabilidade pela transformação dessa realidade nacional. Até quando ficaremos calados frente a escândalos de corrupção? Até quando aceitaremos a demagogia de muitos em nome da democracia? Até quando esqueceremos que a base de toda transformação passa pela educação?

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

39 ANOS DE EMPREENDEDORISMO


O Sebrae comemorou seu 39º aniversário no último domingo, 09 de outubro de 2011, com marcos importantes para o apoio aos micro e pequenos negócios brasileiros: desde o início do ano, 1,2 milhão de empresas foram atendidas pelo Sebrae em todo o País e 900 mil negócios foram formalizados. É claro que a instituição não está sozinha nessa tarefa, mas reconhecer o esforço do Sebrae no fomento a uma nova cultura do trabalho e renda é um passo importantíssimo para aqueles que pensam (e desejam ver) o desenvolvimento do nosso país.
O atendimento aos 5,5 milhões de brasileiros donos de micro e pequenos negócios pode acontecer por meio dos quase 630 pontos de atendimento presencial do Sebrae ou pelos canais remotos. Apenas nos últimos dez anos, mais de 2,2 milhões de empreendedores foram capacitados nos cursos a distância. (isso é ou não é uma quebra do paradigma de que só presencialmente o aprendizado acontece?!?)
Somente de janeiro a setembro, o Sebrae capacitou mais de 36 mil empresas com soluções específicas e até 2014 serão investidos mais R$ 780 milhões em programas de inovação para as pequenas empresas brasileiras.
É claro que como apaixonada pela causa do empreendedorismo não poderia deixar de comemorar um aniversário tão especial...

O QUE INCOMODA VOCÊ?

Sempre que começamos a trabalhar em uma empresa nova achamos que ela é a melhor empresa do mundo. Chegamos motivados, repletos de expectativas positivas e com o desejo de contribuir rapidamente com os resultados do negócio.
Entretanto, logo percebemos que trabalhar em um ambiente corporativo nem sempre é divertido - e mais: nenhuma empresa é perfeita. A empresa perfeita depende de quem trabalha nela e isso inclui você! Se você faz parte do time de uma empresa e ela deixou de ser perfeita para você, reveja seus próprios conceitos, comportamentos e atitudes. Talvez o problema não esteja na empresa.
Há vários aspectos do dia a dia que acabam incomodando as pessoas de maneira diferente. Os motivos de estresse no local de trabalho costumam variar bastante de funcionário para funcionário, de empresa e também de país. Mas o fato é que não estamos em casa!
Uma pesquisa feita pelo LinkedIn, rede social para contatos profissionais com mais de 120 milhões de membros em todo o mundo e mais de 4 milhões no Brasil, revelou os fatores que mais irritam os profissionais em seus ambientes de trabalho.

domingo, 9 de outubro de 2011

DE SÓCRATES A STEVE JOBS

“A vida sem reflexão não merece ser vivida”
Sócrates
Se existiu alguma herança que Sócrates deixou para a humanidade, foi a chance de sempre nos questionarmos sobre nossas "verdades". Ainda na Grécia Antiga, por exemplo, esse grande homem deixou sua marca mostrando que a única coisa que sabia era que nada podia saber e estimulava todas as pessoas a se questionarem sobre a incompletude de seus saberes. A ferramenta que Sócrates utilizava era simples, porém muito poderosa: a pergunta.
Questionar-se. Quebrar paradigmas engessados. Construir utopias. Deixar de lado ideais preconcebidos. Buscar o novo. Esquecer crenças mobilizadoras. Inovar. Na era do conhecimento, do compartilhamento e da sociedade em rede, o ser humano continua sua busca irrefreável pelo controle da adversidade, pela busca de garantias e de respostas completas para apaziguar sua angústia frente ao inusitado.
Inusitado que na última quarta feira nos surpreendeu com a despedida de Steve Jobs não apenas da Apple, mas do mundo. Mesmo sem ser uma MacFag (para quem não sabe o que a palavra significa, quer dizer que nunca fui uma aficionada pelos produtos desenvolvidos pela empresa de tecnologia mais valiosa do mundo), sou uma das milhões de pessoas gratas a Steve por sua contribuição a esse mundo novo. Um mundo aparentemente caótico, mas inegavelmente mais criativo e solidário, onde podemos trabalhar, criar, desenhar, ler, pensar e viver em alta conectividade e velocidade.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A REGRA É CLARA: FAIR PLAY

Em tempos de preparação para a Copa do Mundo e Olimpíadas no Brasil, a questão da honestidade e ética na preparação dos campeonatos tem sido pauta desde os mais sofisticados encontros de gestores até conversas entre amigos no elevador ou na mesa de bar.
É claro que além da transparência esperada na preparação da estrutura, o esporte traz para as empresas inúmeras analogias: bater recordes, compor times de trabalho, ter jogo de cintura, jogar limpo (ou sujo) nos processos. 
Associar sua empresa a atividades esportivas pode melhorar o comprometimento da equipe, rejuvenescer a marca, aumentar as vendas e/ou ampliar a força da sua imagem. Especialistas afirmam que se o conceito de “fair play” for aplicado no ambiente de trabalho, sua empresa só tem a ganhar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor