sexta-feira, 30 de setembro de 2011

MANIFESTO COR DE ROSA

As mulheres gostam de se cuidar. Essa máxima não fomos nós, nem ninguém que inventou. É um fato que está aí. No aumento de consumo de produtos de beleza. Na procura insana pelas novas cores dos esmaltes e assim por diante. O problema é que, quando se trata de saúde, tudo fica mais delicado. Ela não quer receber o diagnóstico positivo. Ninguém quer. Mas também não se previne. O pedido de exame fica lá no fundo da bolsa. 2 meses. 6 meses. 1.200 km depois, já tomou o outro rumo. Andou tanto tempo escondido que ela se esquece de fazer o exame. A grande verdade é que nunca dá tempo de fazer o que a gente não quer fazer. Para a mamografia entrar de vez na rotina preventiva das mulheres, tem que virar prioridade. Não dá para disputar com o projeto que precisa ser entregue o mais rápido possível no trabalho, muito menos com o tempo junto ao marido ou ao filho. Se ela não tiver espaço na agenda, o diagnóstico do câncer de mama continuará sendo tardio. Se existe o dia de ir ao salão de beleza e o dia de sar com as amigas, tem que existir o dia de colocar a prevenção em primeiro plano. O dia em que todas as mulheres com 40 anos ou mais deixam algumas coisas de lado para cuidar da saúde da mama. Com o dia rosa, as mulheres vão dar prioridade ao que hoje tratam como opção. 

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

PRIMEIRO DIA


Nunca saberemos o quanto estamos prontos para uma nova atividade até efetivamente passarmos por ela. Começar em um novo emprego é como voltar a ser criança e perceber que será preciso (re)aprender a dar os primeiros passos para conquistar um novo mundo!
Há exatamente uma semana, me vi pesquisando sites, lendo livros e dicas sobre o assunto e justamente por isso, resolvi preparar um post que abordasse resumidamente a questão para os leitores do Lounge Empreendedor. Se você está iniciando em um novo emprego, uma nova atividade ou até mesmo uma nova lotação dentro da empresa em que já trabalhava, provavelmente tem desafios bem semelhantes com os que eu vivi nos últimos dias.
Dizem que é raro termos uma segunda chance de causar uma boa impressão, e como geralmente isso é verdade, essa sensação acaba causando boa parte do stress do primeiro dia de trabalho. Além da preocupação com a imagem e impressão que geramos, existem as complexidades técnicas e funcionais que serão necessárias descobrir e entender.
Por isso, comece assumindo aquilo que você efetivamente é. Nenhuma dica fará sentido se você precisar fingir ser quem você não é.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ELAS SAEM NA FRENTE


No último domingo, 25 de setembro, uma surpresa no Diário do Comércio me deixou muito feliz! Depois de representar bravamente os poucos homens presentes ao Encontro Empresarial de Mulheres de Negócios na Zona Leste, o jornalista André de Almeida publicou o texto a seguir.
Além de contar com um fator emocional muito forte, a palestra me permitiu conhecer e interagir com mulheres inteligentes, competentes e realmente dispostas a assumir o leme de suas carreiras e fazer a diferença no mundo de negócios!
Conheça aqui o material da palestra.

"As mulheres abrem duas vezes mais negócios do que os homens no mundo, totalizando mais de 9 milhões de empreendimentos, que movimentam algo em torno de US$ 3,6 trilhões e geram emprego para 27,5 milhões de pessoas. Para debater a importância e o crescimento das mulheres no mercado de trabalho e do empreendedorismo, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP), com o apoio da Distrital Mooca da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), promoveu, semana passada, o Encontro Empresarial Mulheres de Negócios.
Realizado no Círculo de Trabalhadores Cristãos de Vila Prudente, o evento teve a palestra Sensibilidade e Negócios, com Ana Maria Magni Coelho, gerente do Sebrae-SP/Alto Tietê, e um talkshow com a executiva e vencedora estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2010, Rosana Sangiuliano.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

INOVAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

A questão da inovação no Brasil passa por gargalos previamente conhecidos: infraestrutura, baixa qualificação profissional, insegurança jurídica, burocracia excessiva e oscilações dos programas de incentivo que ainda têm foco muito limitado à transformação industrial.
Pensar nos processos de inovação para a sustentabilidade passar por desmistificar o conceito de inovação restrita ao campo da tecnologia. Sustentabilidade aos pequenos negócios nada mais do que garantir sua competitividade ao longo do tempo pensando nos aspectos econômicos, sociais e ambientais. Inovação, por sua vez, relaciona-se a decisões e ações incrementais aos processos ou produtos do negócio de forma a agregar valor à forma como inicialmente tal processo era realizado.
Só isso? Claro que não. Mas isso já pode fazer muita diferença ao seu negócio.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

COPA DO MUNDO E AS PEQUENAS EMPRESAS

A mil dias do início da Copa de 2014, o Sebrae fortalece sua ação junto as pequenas empresas e promove uma série de eventos com empresários nas 12 cidades-sede para divulgar os números locais de um levantamento da Fundação Getulio Vargas sobre 456 oportunidades de negócios que surgirão com o mundial.  Cerca de 6,8 mil empresários já participaram dos seminários em todo o Brasil.
Em 2014, São Paulo será muito mais do que a capital do turismo de negócios no Brasil. A cidade deve receber, segundo o Ministério do Turismo, cerca de 258 mil turistas estrangeiros e aproximadamente 1,2 milhão de visitantes de todo o país. Estima-se que cerca de 300 mil micro e pequenas empresas paulistas, de todos os setores, terão chances de crescimento econômico com a chegada do mundial de futebol.
O Mapa de Oportunidades de Negócios para Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede é um levantamento inédito e pode abrir os olhos daqueles que ainda sonham em iniciar um negócio próprio ou incrementar o seu negócio atual em decorrência da Copa do Mundo de 2014 (antes, durante e após os jogos do mundial). O setor de comércio concentra 51% das possíveis oportunidades, seguido pelo de serviços (30%) e indústria (19%).

SUPERSIMPLES EM PAUTA

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 77/11 que altera a lei do Supersimples (Lei Complementar 123/06) está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CAE) do Senado, da próxima terça-feira (20). O senador José Pimetnel apresentou, na noite de quinta-feira (15), parecer votando pela aprovação do projeto sem alterações. Para ele, qualquer mudança retardará a validação do projeto e a entrada em vigor dos ajustes propostos na lei. 
Entre as mudanças, o PLC aumenta de R$ 36 mil para R$ 60 mil o teto da receita bruta anual do Empreendedor Individual e a amplia em 50% as faixas e o teto da receita bruta anual das empresas do Simples Nacional - passa de R$ 240 mil para R$ 360 mil o da microempresa e sobe o da pequena de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões. Além disso, cria o parcelamento, em até 60 meses, dos débitos das empresas do Simples Nacional e permite que as empresas do sistema possam exportar até o mesmo valor do seu faturamento bruto anual sem risco de exclusão.

domingo, 18 de setembro de 2011

MINHA PASÁRGADA

"No interior da grande cidade de todos está a cidade pequena em que realmente vivemos."
(José Saramago)


Desde que anunciei meu retorno às atividades profissionais em São Paulo, a pergunta que mais tenho respondido não tem nada a ver com a proposta do novo emprego ou com os desafios que irei enfrentar, mas sim sobre a minha possível partida de Mogi das Cruzes.
Já se vão quase 6 anos desde que me instalei nesta cidade. Hoje, cidadã mogiana, é aqui que pretendo seguir a minha vida. Mogi das Cruzes é a "minha" cidade. É a cidade que me acolheu, onde meus filhos cresceram, onde construi o alicerce da minha vida profissional. Amo-a de paixão. Amo a relação que estabeleci com o município. E antes que alguém me pergunte: sim, eu acredito em relacionamentos entre cidades e pessoas. Assim como nós, cidades têm vida, têm personalidade, têm características únicas. E as de Mogi das Cruzes, me conquistaram.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

ESCOLHAS

"Tornando-se um consciente criador de escolhas, você começa a gerar ações que são evolucionárias para você." (Deepak Chopra)

Nos últimos dias, noticiei a minha saída do SEBRAE-SP. Uma decisão que envolveu um processo importantíssimo de retomada de valores, direcionamento de carreira e orientação das minhas atitudes para aquilo que considero ser a minha missão.
Muitas empresas também passam por esses momentos! O que vale para as pessoas vale também para as empresas. Uma empresa sobrevive ou não, tem êxito ou fracassa, de acordo com as decisões e escolhas que fez ou faz, de suas estratégias e foco, seus sistemas de crenças e valores, seu estilo gerencial, seus processos, suas estruturas, as pessoas que seleciona, o sistema de treinamento e desenvolvimento que adota. Ou, de acordo com Peter Drucker, "o produto final do trabalho de um gerente são decisões e ações". Resumindo: ESCOLHAS!

domingo, 4 de setembro de 2011

TEATRO DA VIDA

No post de hoje irei me fazer valer de um texto de Lya Luft recebido por e-mail. (nunca sei se os textos que recebo por e-mail são mesmo de autoria de seus "autores virtuais", mas como gostei do tema, resolvi trazê-lo ao Lounge Empreendedor)
Na verdade, ainda me surpreendo como entre a infinidade de "correntes" e e-mails com anjinhos e florzinhas brilhando, ainda podemos selecionar boas coisas.
Se escrevemos aquilo que somos ou o que sentimos em determinados momentos de nossas vidas... Assim funciona também com aquilo que lemos!
Não aceito vender a alma para que o espetáculo da vida siga em frente. O tempo passa rápido demais e sobram poucos espaços para arrependimento no futuro. Não quero ser hamster nem tampouco participar da manada...

sábado, 3 de setembro de 2011

LIDERANÇA EM DEBATE - PARE DE EMPURRAR!

Quando uma empresa quer garantir o futuro de seu negócio, tem o desafio de despertar o apoio incondicional dos que terão de transformar a estratégia em ações concretas: os funcionários. De fato, poucas metas são atingidas se os encarregados por elas não estiverem comprometidos de “corpo e alma". Como chegar a esse compromisso? A resposta é simples: desenvolva uma liderança "inspiradora". 
Menos simples, no entanto, é identificar os segredos para liderar com eficácia, porque, embora todos os especialistas no assunto concordem que para isso é necessário visão, coragem, energia e autoridade há outras qualidades não tão óbvias que distinguem os grandes líderes.
Robert Goffee e Gareth Jones, sócios da empresa de consultoria Creative Management, afirmam que verdadeiros líderes têm quatro características aparentemente inesperadas frente aos “superpoderes” que alguns esperam ver nas pessoas que chegam à liderança nas empresas.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

NEGÓCIOS MESH E CONSUMO COLABORATIVO


NEM TODO EMPREENDEDOR NASCE SABENDO

O antigo compartilhamento, escambo, empréstimo, troca ou aluguel de coisas entre as pessoas vem ganhando força e uma forma capaz de transformar os negócios e o modo como consumimos e vivemos. O consumo colaborativo, turbinado e disseminado pelas redes sociais, dispositivos móveis e tecnologias que permitem qualquer pessoa encontrar locais, produtos ou serviços disponíveis e compartilháveis ao redor do mundo criou um novo modelo de negócios.
Conhecidos como “Negócios Mesh”, em função do livro de Lisa Gansky, a idéia principal da proposta é a criação de negócios baseados no compartilhamento em substituição à posse de produtos e serviços.
Se voltarmos no tempo, podemos facilmente nos lembrar de artesãos, comerciantes ou produtores agrícolas trocando produtos entre si sem a necessidade de dinheiro. Perdidas no tempo após o advento do capitalismo, do dinheiro e do paradigma da acumulação de bens, essas práticas podem reduzir a produção desnecessária de novos itens e embalagens, incentivar o reuso e reduzir o impacto sobre o meio-ambiente.
Você já parou para pensar se precisa TER um carro ou se precisa SER transportado?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor