terça-feira, 2 de agosto de 2011

TOUCH WOOD: UM CELULAR DE MADEIRA


Adoro aquelas dicas que me inspiram a encarar o dia de forma diferente... Graças a uma mensagem no mural do Alessandro Paes dos Reis no Facebook tomei conhecimento de um vídeo delicioso da campanha de lançamento do aparelho Touch Wood SH-08C fabricado pela Sharp em parceria com empresa japonesa, NTT DoCoMo.
Confesso que desconhecia o (fantástico) comercial como também desconhecia a proposta do celular  Touch Wood, cujo case – politicamente correto – é feito de madeira.
Sim! Um celular feito de madeira...
Imagino que nesse momento, muitos podem se questionar: "- Opa, então a Sharp está desmatando florestas para fabricar celulares?!?" Não!

A parte externa do celular é composta por madeira cipreste, que excedeu da poda de árvores no Japão para manutenção e saúde das florestas. Sendo assim, não há problemas ecológicos de desmatamento nessa proposta.
Cada aparelho tem uma aparência diferente dos demais, inclusive as cores, desenhos e as vezes, o formato. Afinal, madeira é madeira e não dá para manipulá-la completamente ao gosto do freguês. Árvores são como nós: nunca uma será exatamente igual à outra. Além disso, Touch Wood apresenta cheiro de madeira e uma excelente resistência a impactos físicos e a água.
Como ecofriendly que sou, adorei a idéia. Acredito muito em iniciativas empreendedoras desenvolvidas por meio do "ecobusiness, ecodesign ou ecomoda" e que sejam capazes de gerar lucro e também ajudar a tornar o mundo um lugar melhor.
Podemos ser capazes de criar novos caminhos, novos rumos e expor de forma muito simples nossa parceria com a natureza. A mais alta tecnologia pode estar associada a uma boa dose de respeito e sustentabilidade ambiental.O aparelho Sharp será vendido para apenas 15 mil clientes. O modelo possui câmera de 5 mp e tela de 3,4 polegadas sensível ao toque.
Você compraria um Touch Wood? Pode assistir ao comercial, antes de me responder.
A agência montou uma espécie de xilofone gigante no meio da floresta e todo o comercial se desenrola ao som de Jesus bleibet meine Freude da cantata nº 147 (Herz und Mund und Tat und Leben) de Johann Sebastian Bach.
Ah! A madeira utilizada para a produção do xilofone também é de resíduos de madeira, re-utilizado depois para outras coisas.
Criatividade. Suavidade. Harmonia. Natureza. Tecnologia.
Simplesmente maravilhoso...

3 comentários:

  1. Muito showwwwwwwww. Além de fantástico, uma grande estratégia de marketing; imagine por quantos contatos esta informação se arrastará, solidificando ainda mais a identidade da marca e o compromisso com o meio ambiente. Será que a Sharp precisaria lançar um produto e vender apenas 15 mil unidades? Com certeza não. É por isso que endosso o quanto é FANTÁSTICO a iniciativa, a criatividade e inovação.

    ResponderExcluir
  2. Se a moda pega, logo teremos ipads e notebooks de madeira

    ResponderExcluir
  3. Oi Ariel
    Se oferecerem a mesma tecnologia e os mesmos conceitos de sustentabilidade, por que não?!?
    Um beijo
    @AnaMariaCoelho

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor