quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

SEM MEDO DE PLANEJAR



Passamos do dia 15 de dezembro. Você não pode mais fugir do inevitável. É hora de fazer aquilo que o brasileiro tem o hábito de deixar para depois, mas que o empreendedor deveria se empenhar antes de tomar qualquer decisão: p.l.a.n.e.j.a.r.
Escolha um local tranqüilo na sua empresa, respire fundo, pegue um bloco de anotações e mãos a obra.
Seja absolutamente sincero e comece respondendo à seguinte pergunta: quanto você quer faturar em 2011? A resposta deve servir como estímulo. Uma meta a ser diariamente perseguida por você e compartilhada com toda sua equipe. Sempre que um esmorecer, todos se lembram do alvo a ser atingido.
Só não vale sentir medo. A insegurança, inerente a todo ser humano, deve ficar longe ao planejar para onde você pretende levar sua empresa no próximo ano. Por mais que represente um sentimento legítimo, o medo não pode ser uma muleta aos competentes. Busque informações. Calcule bem o risco. Estabeleça suas metas. 
Para projetar 2011, pense grande, comece pequeno e cresça o mais rápido que você puder.
Repense tudo o que pretende fazer pelo seu negócio, desde o ambiente físico até aspectos de gestão. “Quero ampliar o espaço”. "Vou reduzir o consumo de energia e destinar os resíduos de forma correta". “Contratarei 3 pessoas”. "Contribuirei com parte do lucro com uma causa social" ou “Conquistarei o mercado externo”.
Ok. Assumo que, dependendo da maturidade da sua empresa, pode bater aquele friozinho na barriga nesse momento. Mas não desista! Essa sensação pode ser o trampolim para a conquista das metas se você souber conduzi-la com responsabilidade.
Nada de angústia ou pressões.
O planejamento detalhado colaborará com o seu sucesso e impedirá que qualquer “marolinha do mercado” impeça você de progredir.
Pensemos juntos: você tem um preço justo frente a qualidade que oferece, você tem clientes fiéis, seus colaboradores estão engajados e motivados, por que não pode projetar a ampliação das vendas em 20% sobre os resultados desse ano que se encerra?
Firme um contrato com você mesmo!
Analise todas as variáveis e trace os melhores caminhos para atingir seu objetivo. Usar sua capacidade de persuasão e sua rede de contatos em prol de melhores oportunidades permitirá que você avance cada vez mais.
Apenas não se esqueça que coração aberto demais pode atrapalhar seus planos. Envolva as pessoas realmente necessárias, ninguém mais precisa saber. E lembre-se de uma visita ao gerente do banco, afinal ao longo do próximo ano, você pode precisar dele.
Evite os bloqueios naturais, as pessoas que não acreditam em você e também os oportunistas de plantão. Caso sinta necessidade, procure especialistas que possam te orientar na expansão do negócio e no planejamento de cada uma das etapas.
Tenho certeza que você já sentiu que o tempo passou bem rápido. Por isso, mantenha o foco e se afaste daquilo que não leva sua empresa a lugar nenhum. Acabe com a paralisia agora!
2011 espera por todos nós, mas “se você não sabe para onde vai, todos os caminhos o levam para lugar nenhum” (Henri Kissinger)

Ana Maria Magni Coelho
Publicado em 16 de dezembro
Diário Empresarial - O Diário de Mogi

Um comentário:

  1. Texto mais oportuno não poderia existir... com a lucidez e a competência que são marcas registradas do blog... planejar é preciso! e a leitura desse texto inspira e prepara você p/essa importante tarefa. Por mais simples e resumido que seja, faça do planejamento uma ferramenta no ambiente empreendedor da micro e pequena empresa, ela vai agradecer... e muito!

    Saudações empreendedoras,
    BrunoB

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor