sábado, 18 de dezembro de 2010

COMEÇAR DE NOVO



As pessoas parecem não acreditar que lá se foi mais um ano. Todos os dias ouço alguém falar: “Mas, já?”. Sim, o tempo passa rápido e quando menos esperamos, é chegada a hora de planejar uma nova etapa de nossa carreira, nosso negócio ou nossa vida!
Para uma boa análise do cenário que se apresenta e para a construção de metas que sejam compatíveis com o sucesso desejado é essencial transformar qualquer crença limitante e pensamento negativo em pensamentos positivos e motivacionais. Dessa forma, você pode projetar confiança aos seus interlocutores e receber respostas positivas de sua própria vida.
Grande parte da dificuldade que as pessoas sentem em confiar na vida é fruto da projeção de falta de confiança em si mesmas. Por não confiar em si é natural que você deixe de confiar no outro, na vida e nos seus sonhos.
Quer entender melhor? Se você não confia nos outros por receio de que não façam aquilo que dizem que irão fazer, pense se você mesmo tem tido atitudes coerentes com seu discurso. Se tiver medo de se decepcionar, avalie seu grau de exigência consigo mesmo e sua capacidade de admitir fraquezas e de perdoar seus próprios erros.
Para ser capaz de confiar mais, você precisará fortalecer sua autoconfiança e reconhecer seus próprios talentos. Chamo de talento a habilidade de fazer algo com prazer; a inteligência e vocação natural que induz as pessoas a “levar jeito” para determinadas atividades.
Nos humanos, a sensação de aproveitamento dos talentos aprimora o fortalecimento de sua autoconfiança. Se você age sem respeitar seus verdadeiros sentimentos, sem levar em conta sua missão, seus dons e seus valores, você torna‐se fraco e refém de situações em que abdica deliberadamente da possibilidade de ser mais feliz.
A vida não escolhe vítimas, mas sim voluntários. Aproveite o final de ano para analisar se tem utilizado seus talentos e para responder quais são as situações para as quais você está se voluntariando? Que tipo de vida você está se permitindo?
Preste muita atenção nas suas respostas e naquilo que você diz repetidamente a si mesmo. Procure aquele papelzinho onde você escreveu suas intenções para a virada do último ano. Verifique o que já se concretizou ou não. Talvez você fique surpreso ao flagrar‐se em pensamentos do tipo “eu já sabia que ia não conseguir”, “nada comigo dá certo” ou “é difícil progredir na situação em que estou”.
Esses são os tais pensamentos limitantes que devem ser substituídos por autovalorização e reconhecimento de suas qualidades e méritos. Transformar suas crenças do passado facilitará um novo posicionamento e uma nova conduta frente aos desafios que a vida proporciona. Olhar as dificuldades, crises e perdas como mudanças necessárias ou oportunidades de descobrir novos caminhos é um passo importante para idealizar e realizar projetos de sucesso em uma nova etapa ou em um novo ano.
Lembre‐se que a vida é como um jogo de espelhos: se você projetar sonhos e desejos de forma confiante será capaz de ver os outros como pessoas dignas de confiança e auxiliares na execução de suas próprias aspirações. Os outros também se sentirão motivados a confiar em você, pois se sentirão como parte desse jogo. Um jogo em que os espelhos passarão a refletir a constância de seus propósitos e a mutualidade das relações humanas.
Se você conseguir manter a confiança em si mesmo, vai entender o porquê de alguns sábios afirmarem que o importante não é apenas a conquista de um destino, mas vibrar e aprender durante a caminhada. E, se ao final desse ano, o saldo da sua vida não está da forma como você idealizou, tenha certeza que caberá a você mudar o rumo e transformar cada pequeno ato em grande impulso para uma nova etapa.
Nunca perca a fé em si mesmo, pois você é seu maior aliado para conquistar o ano que (re)começa!

ANA MARIA MAGNI COELHO
Publicado na newsletter de Waleska Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor