quarta-feira, 7 de novembro de 2012

SOCIAL GOOD BRASIL. É SÓ O COMEÇO!



Estar no lugar certo na hora certa. É exatamente asssim que me sinto quando o assunto é Social Good Brasil.
O seminário começou ontem com o maior espírito colaborativo com a dupla Fernanda Bornhausen Sá e Lúcia Dellagnelo, contando como idealizaram o Social Good e o ciclo de palestras no Brasil. A emoção estava presente não apenas na fala, mas em grande parte das pessoas que sentiam ali uma excelente perspectiva de atuar como atores de vanguarda a respeito de uma proposta de inovação social.
Como a Fernanda, acredito que cada um dos presentes na grande plateia do #SocialGood BR, “acreditamos que a tecnologia é um meio poderoso para transformar a sociedade e impulsionar uma mudança social positiva. Conhecemos pessoas e organizações incríveis que também acreditam nisso e estão fazendo acontecer”. A tecnologia é um meio para um fim maior. A rede é feita de pessoas e são elas que estão transformando a sociedade a cada minuto com microações que juntas podem se tornar grandiosas. Se alguém ainda duvida, certamente ficará para trás. Temos que perder o medo das tecnologias e do poder distribuído para, generosamente compartilhar nossos saberes e recursos (como isso faz sentido pra mim!)
Lúcia contou a história do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom) e como a ONG usa a tecnologia para o bem social, por meio de iniciativas como o Portal da Transparência. Em seguida Fernanda, que é presidente-voluntária do Instituto Voluntários em Ação, falou sobre o voluntariado online, a força das redes e da tecnologia para mudança social e sobre o sonho que tem de as tecnologias serem usadas para vivermos em um mundo melhor.
Estamos em uma transição de sociedade e o Brasil tem um modelo social e cultural que dá potência ao poder de disseminação da tecnologia. Somos um povo acolhedor, aberto ao novo e que gosta do “com-viver”. É mais fácil propor iniciativas de compartilhamento numa cultura como a brasileira. O convite ao “social good” para o povo brasileiro pode ser um novo caminho para o desenvolvimento do Brasil. Fazer o bem e gerar transformação, está em nossas mãos!
Afinal, construir um planeta mais inteligente, justo e sustentável não é falar apenas sobre tecnologia, mas sobre pessoas mais conectadas, mais generosas e mais felizes. Foi assim que o painel “Um novo mundo: tecnologias e inovação social” trouxe o olhar dos representantes do Instituto C&A (Paulo Castro), Insitituto Telefônia|Vivo (Françoise Trapenard) e da IBM Brasil (Alcely Barroso) sobre o Social Good Brasil.
Para começar a noite, o tema já foi bastante inspirador. Juntos tenho certeza que faremos diferença neste mundo com desigualdades, mas com um terreno tão fértil para iniciativas capazes de transformar a sociedade mundial. Comecemos pela comunidade a qual estejamos inseridos. Mãos à obra pessoal!

Um comentário:

  1. A é tão maravilhosa que tornou possível desenvolver uma série de negócios, como por exemplo ter uma franquia virtual, que é o que possuo agora e estou muito feliz com isso, se quiser mais informações é só acessar: http://www.sistemawinner.com.br/wellingtoneviviane/hotsite/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor