quarta-feira, 2 de junho de 2010

DE LONGE TAMBÉM SE APRENDE


Imagine melhorar a gestão da sua empresa em um curso sem sala de aula, sem horário de entrada ou conversa no fundão. Professor, só pela tela do computador. E melhor: você estuda onde e na hora em que quiser. Sonho? É a mais pura realidade, basta ter um computador e acesso à internet.
A Educação a Distância (EAD) é uma modalidade educacional comprovadamente eficaz e que pode auxiliá-lo na ampliação de seus conhecimentos. Além de cursos de pequena duração, essa forma de mediação pedagógica também pode contribuir para outros processos de ensino e aprendizagem em que ocorra a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, bem como pessoas interessadas em interagir para o desenvolvimento de atividades educativas em tempos e lugares diversos.
O advento da internet e da web colaborativa trouxe novas possibilidades em EAD direcionando os brasileiros para uma nova forma de participação em cursos em geral (níveis Superior, Médio, Técnico e outros). Hoje é possível conceber um ambiente de aprendizagem virtual que sirva para auxiliar os educadores na tarefa de promover a busca pelo conhecimento aos alunos em diversos temas e disciplinas.
Mas se há muita disponibilidade na rede e parece simples e fácil participar, desistir também. Cursos de EAD funcionam muito bem para quem é organizado, tem concentração e disciplina para estudar, em casa ou no trabalho, sem necessitar do estímulo presencial de ninguém. Pela modalidade, o participante é impulsionado a raciocinar e tirar suas próprias conclusões sobre os temas. Mesmo que utilize seu tutor (nome que se dá ao professor de EAD), o conhecimento será solidificado pela sua própria prática, pois assim como nos cursos presenciais existem atividades, provas ou testes que irão avaliar seu empenho e aplicação, tanto nos encontros presenciais quanto nas visitas e atividades desenvolvidas na plataforma de internet.
Se hoje você não busca capacitação pessoal ou profissional em função de falta de tempo, que tal experimentar essa nova modalidade?
Planejamento, Mercado e Motivação de Equipes são alguns dos temas disponíveis no site do SEBRAE-SP para melhoria do seu negócio e se você investir algum tempo, pode descobrir inúmeras possibilidades de capacitação. Basta estar disposto a aprender um novo modo de aprender, afinal "a habilidade de aprender mais rápido que seus concorrentes pode ser a única vantagem competitiva sustentável." (Arie De Geus)

ANA MARIA MAGNI COELHO
Produzido para O Diário Empresarial
03 de junho de 2010

2 comentários:

  1. Democrático, amplo, "flex", permissivo, tolerante, rompendo padrões (e portanto pulando cercas), violando limitações territoriais, eliminando as eliminações por categorias, ignorando critérios sócio-políticos, disponível: portanto cheio de inimigos e repleto de críticas, este é o panorama do EAD no Brasil, hoje.

    ResponderExcluir
  2. Ana, concordo e compartilho de sua opinião sobre EAD.

    Entretanto, IMHO existem alguns gaps, que descrevo a seguir:

    1. Ainda é muito caro para um professor "não universitário" produzir e publicar seu próprio curso. Caso este escolha a "produção caseira", será necessário um conhecimento técnico, que nem todos possuem e, que exige significativo investimento em tempo.

    2. Para aumentarmos a curva de aprendizado dos alunos (e até dos professores) é necessário diminuir a distância entre aluno e professor. As plataformas/ferramentas utilizadas nas universidades de hj em dia, são apenas repositórios de conteúdo, onde um monte de material é publicado e o aluno fica responsável por encontrar a correlação entre eles. Devemos encontrar uma maneira de diminuir o esforço do aluno para que este alcance o conhecimento.

    3. Devido às barreiras descritas no item 1 e 2, creio que muitos professores deixam de produzir conteúdo e muitos alunos deixam de consumir o mesmo.

    Com base nestas hipóteses, estou criando o mindle. Uma plataforma de ensino a distância que tem o objetivo de solucionar os problemas citados. Estamos ainda encontrando nosso negócio a partir do "Customer Development" do lean startup.

    Desta forma, ficam minhas perguntas:

    1. Você acredita que as ferramentas de ensino a distância de hj em dia possibilitam ao professor transmitir o conhecimento aos alunos, de forma que estes obtenham a melhor curva de aprendizado?

    2. Você acredita que o número de cursos publicados na internet poderia crescer, caso existisse uma ferramenta grátis direcionada a possibilitar facilidade na produção, publicação e gestão pedagógica de cursos (para os professores), além de bem organizada a fim de possibilitar de aumentar a curva de aprendizado e diminuição da distância entre professor e aluno?

    Desculpe pelo comentário enorme e do assunto pontual, entretanto, estou curioso pra saber a opinião de uma especialista.

    Continue escrevendo que continuaremos lendo.

    Um abraço.

    Henrique Lima

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor