sexta-feira, 5 de março de 2010

ESQUEÇA A PERFEIÇÃO



Ser boa mãe, excelente esposa, ótima dona de casa, profissional exemplar, boa amiga, ter um cabelo brilhante, um corpo atraente e uma conversa inteligente. Pode parecer exagero, mas hoje, o que mais vemos são mulheres nesta busca insana pela perfeição.
Perfeição que deveria estar no quanto cada uma de nós se sente agradecida pela vida, pelo que somos e pelas escolhas que fazemos para que nossos pensamentos, palavras e ações possam representar nossos verdadeiros valores e o legado que desejamos deixar ao mundo.
Perfeição que muitas vezes custa o uso de antidepressivos e ansiolíticos, pois no desejo de atender a tantas expectativas irreais, muitas nos afastamos das conversas com as amigas e de nossas reais aspirações e anseios, deixando o vazio no fim de cada dia.
Viver a vida e os sonhos de outras pessoas e esquecer de olhar para dentro de si é o caminho mais rápido para a insatisfação. De que adianta ganhar flores no próximo dia 08 de março sem entender o nosso próprio papel no mundo?
Você já parou para refletir sobre o que realmente traz desafios e realização em sua vida? Já refletiu sobre sua visão de futuro e missão de vida?
O paradigma da responsabilidade da gestão da família ou da economia doméstica deixou um rastro na mente de muitas de nós de que sempre devemos estar prontas a cuidar dos outros e abrir mão de nossos próprios desejos.
Pense que sempre há tempo para mudarmos para melhor. Sempre há uma escolha diferente a fazer. Sempre há uma nova forma de pensar. Seremos apenas mais uma mulher ou seremos a mulher que faz toda a diferença em seu lar, em seu trabalho e na sociedade?
A cada ano, a discussão sobre a distinção entre os gêneros no ambiente de trabalho vai ficando mais ultrapassada. Homens e mulheres são mesmo diferentes, mas podem ser também complementares. Trabalhar e crescer em uma empresa não tem a ver com o enfoque feminino ou masculino, mas sim com eficácia e competência que não escolhem nem gênero nem cor.
O que determinará seu sucesso não é o seu sexo, mas sim sua capacidade de identificar sua missão, de sonhar, de ter planos e atitudes em prol de sua realização.
Às vésperas de mais um Dia Internacional da Mulher, não pense apenas nas flores, mas em honrar o simples fato de sermos mulheres e nos empenharmos na construção de nossa felicidade como ser humano.
Esqueça a perfeição e busque a realização.
Mulheres felizes e realizadas poderão gerar equipes e filhos felizes e realizados, serão melhores esposas, profissionais e amigas.
Essa é uma luta interna, pacífica e que nos dignifica eternamente fazendo com que prevaleça não o gênero, mas a inteligência e a competência das pessoas, única e exclusivamente.
Não será esse o caminho para um mundo mais feliz?

ANA MARIA MAGNI COELHO
Publicado na página Opinião - MogiNews
06 de março de 2010

Um comentário:

  1. Concordo em gênero, número e grau com a publicação e em especial com a frase:
    "Mulheres felizes e realizadas poderão gerar equipes e filhos felizes e realizados, serão melhores esposas, profissionais e amigas."
    Disse tudo! Adoro vir te visitar, temos muitos pontos de vista em comum!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor