sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

VIVA SUA NOVA HISTÓRIA

O tema gestão de mudanças tem sido recorrente em seminários voltados a executivos ou donos de negócio e parece ser mais um modismo da gestão moderna. Na verdade, mudança nada mais é do que a passagem de uma situação para outra, de entender a sua velha história para determinar que páginas você ainda espera escrever. Envolve um único desejo: aprender a ser, ver e fazer coisas de modo diferente.
Parece aparentemente simples, mas envolve mudança de modelos preconcebidos e construção de novas histórias em que haja a convergência e a interação complexa entre capital humano, inovação, flexibilidade e resultado pretendido. Ter foco nos objetivos, traçar metas e desenvolver um plano de ação direcionado a esse novo modelo facilita o processo de convergência e permite que as pessoas alavanquem seu reposicionamento mental, pessoal e profissional. Ter ações claramente definidas traz determinação para converter as intenções em realidade.
Se uma empresa, ou até mesmo você, deseja efetivamente mudar não adiantará apenas querer. Será preciso criar ações! Afinal, apenas aquilo que as pessoas acreditam e praticam pode transformar seu próprio comportamento.
Comece encarando a verdade! Faça perguntas do tipo: onde sua empresa ou você está agora?, por que é preciso mudar?, qual é a força que te impulsiona e a sua missão?
Procure desenvolver a capacidade de olhar para o futuro analisando fatos e tendências, mas de trabalhar no presente e engajar as pessoas na formulação e construção de sua nova história. Isso desenvolverá o compromisso de co-responsabilidade com a viabilização do que ainda está por vir. Afinal, se as pessoas puderem opinar sobre o que vai mudar e como isso irá acontecer, será mais difícil que elas resistam às suas próprias idéias.
E resistir é natural. As pessoas não fazem isso para serem as “ovelhas negras”, mas sim porque muitas vezes não sentiram a necessidade efetiva de abrir mão de sua atual situação para lutar por uma nova visão. Mudar é sempre difícil, mas pode ser também delicioso!
Lembre-se que a realidade humana é tecida por contradições inevitáveis e que os conflitos, até mesmo os mais internos, são uma parte inseparável do dinamismo da transformação. Ainda que possa doer, se a mudança levar sua empresa ou você para um patamar mais próximo de sua missão, não deixe para amanhã! Trabalhe pela sua missão com a força de quem tem os dias contados!

Ana Maria Magni Coelho
Publicado em O Diário Empresarial
19 de fevereiro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Ficarei feliz em conhecer sua opinião...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Preferidos do Lounge Empreendedor